4 Cuidados a ter com os pneus do seu veículo



Os pneus são o componente que separa o seu veículo da estrada. A falta de cuidados ou de manutenção, potenciam riscos do ponto de vista da segurança.

De forma a evitar problemas no seu veículo ou mesmo acidentes, que podem provocar lesões graves, tenha em conta os seguintes aspetos:


  • Verifique a superfície do pneu a cada 2.000 km.

Sendo a superfície do pneu a parte do veículo que está em contacto com a estrada, é importante que o pneu não apresente desgaste, pois pode causar perdas de aderência súbitas (especialmente à chuva) e podem originar graves acidentes.

Verifique se os sulcos dos pneus ainda são pronunciados e se não existe borracha deformada.

pneu com aderência VS pneu sem aderência
  • Não troque os pneus da frente com os de trás, ou vice-versa.

Uma prática muito comum é a troca dos pneus de uma parte do veículo para o outro como medida de redução de custos e que rapidamente se pode tornar num erro, pois poderá estar a pôr em causa o alinhamento do veículo e da direção ou, se trocar os da frente com os de trás, pode ficar com pouca aderência na traseira do veículo, podendo resultar numa falta de aderência grave na traseira do mesmo.


  • Verifique a pressão dos pneus frequentemente.

A falta de pressão nos pneus do seu veículo pode fazer com que, estes, se gastem muito mais depressa. Para além disso, a falta de pressão de ar nos pneus irá também piorar o consumo do seu veículo por causa do atrito acrescido.


Se os pneus tiverem com pouco ar, irá notar que a parte do pneu que está em contacto com a estrada fica mais achatado e precisam de ser cheios.


  • Se possível, evite buracos grandes.

Sem causar nenhum transtorno ao trânsito, deve evitar buracos mais pronunciados sempre que possível, pois podem causar deformações nas paredes laterais dos pneus e como consequência pode causar vibrações ou desalinhamento da direção.



Quando é que devo trocar de pneus?

É recomendável trocar de pneus a cada 6 anos ou 50.000 km, se não sentir nenhuma vibração, falta de tração ou barulhos invulgares que obriguem a troca de pneus ser efetuada mais cedo.


Conclusão:


A maior parte dos cuidados a ter com os seus pneumáticos (pneus) são coisas simples de verificar ou que se fazem em poucos minutos.

Uma desatenção ao seu estado, não só pode trazer problemas dispendiosos ao seu veículo, como também pode tornar o comportamento do seu veículo mais imprevisível e perigoso.


#Pneus #SatisfaçãoCliente #Automóvel #Pneumáticos #ManutençãoPreventiva #CarrosUsados #CarrosSemiNovos

16 visualizações0 comentário